Imagens do Blog

Loading...

terça-feira, 19 de junho de 2012

O QUE É FÉ?

Blog do Onipotente



Todo mundo tem fé, até os ateus têm fé. É a mais pura verdade. O dicionário diz que fé é a firme opinião de que algo é verdade, ou a adesão absoluta do espírito àquilo que se considera verdadeiro. Viram por que todo mundo tem fé? Porque fé não é necessariamente um sentimento religioso, basta ser uma crença em algo, ou em alguém.

Por exemplo, quando alguém (sem nem pensar nos riscos) pega o elevador para ir até a garagem de seu prédio, é porque tem fé no equipamento, não é? Tem muita gente boa que tem fé em avião, escada rolante, pirulito, mas não tem fé em Deus. Que pena!

Existe a fé comum, esta que todo mundo tem em alguma coisa e a fé eficaz, a fé que salva, a fé que é graça de Deus. A fé comum faz o mundo se movimentar sem maiores solavancos. A fé comum é comum mesmo, é aquela que o empregador tem que a empresa que ele trabalha não vai falir, que o piloto tem nos equipamentos e segurança de seu avião, é que faz milhares de trabalhadores sairem todos os dias para trabalhar, eles têm fé no sistema de transportes, na segurança pública, no acaso.

Por falar em acaso, tem até uma música popular que diz assim “o acaso vai me proteger, enquanto eu andar distraído...” Você já ouviu? Eu já. Pois é, as pessoas têm fé até no acaso, mas quando se fala da fé em Deus, é bombardeado, achincalhado, tratado como imbecil, estou mentindo? Ainda assim, vamos falar da fé em Deus.

A fé em Deus é citada em toda a Bíblia. O capítulo 11 de Hebreu é um verdadeiro roteiro da fé dos homens de Deus, mas não adianta nadinha se saber da fé dos outros (ainda que sejam belos exemplos), se você e eu não tivermos a nossa própria fé.

Quando Jesus exercia Seu Ministério na terra, Ele elogiou a fé de algumas pessoas e criticou a falta de fé de muitos, principalmente de Seus discípulos, porque a salvação de nossas almas só é alcançada mediante a fé em Jesus Cristo. Como funciona? É assim: Jesus veio entregar Sua Vida para remissão (perdão) dos nossos pecados. A nossa parte é crer que Jesus é o Filho do Deus Vivo, é acreditar na missão de Jesus e reconhecê-lo como único Salvador, tal como dizem as Escrituras. Não é preciso fazer mais nada. Parece fácil, mas não é. Muita gente boa acredita em Jesus, sim, porém, o modo de crer é que está errado.

Acreditar em Jesus personagem da história universal não salva ninguém. Acreditar que Jesus é amor, é facinho, mas não salva ninguém. Acreditar que Jesus era um revolucionário, um hippie, um andarilho, além de não salvar, ainda está redondamente errado, porque Jesus não foi nada disso.

A fé que salva é aquela em que uma pessoa acredita que Jesus é o Filho de Deus e entrega a Ele sua vida, do jeito estiver. A fé que salva transforma o pecador em servo de Deus, isso não quer dizer que nunca mais você vai pegar, mas a partir de sua decisão de entregar mesmo sua vida a Jesus, o pecado passa a ser acidente de percurso. Você deixa de ser infeliz para ser feliz de verdade.

Muito bem. Eu sei que muitos servos de Deus parecem (e as vezes são mesmo) as pessoas mais tristes sobre a face da terra e dão a impressão errada de que servir a Deus é terrível, chato e sufocante. Não é verdade isso, não se iluda, não se deixe enganar.

Jesus é alegria e importa que Seus adoradores transmitam esta alegria, porém nem todos têm esta consciência e pior, nem todos que pensam ser servos de Deus são de verdade. Hei! Não sou eu quem diz isso, veja: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.” (Mateus 7:21). Do que adianta invocar o nome do Senhor da boca para fora? A fé é o tipo da coisa que não pode nunca sair só dos lábios, tem que nascer no coração para ser eficaz.

A eficácia da fé é traduzida em obras, a fé sem obras é morta e obras sem fé é só caridade. Quando alguém tem fé muitas coisas começam a acontecer na vida dela e essa pessoa começa a fazer a diferença na vida de outras pessoas. Explico. A fé faz agir, é uma inquietação benigna. Quem tem fé não se conforma em ter uma vidinha mais ou menos, ela quer tudo o que tem direito e passa a lutar para conquistar e também não aceita a injustiça sofrida por um pequenino, não se amolda aos contornos malignos do mundo. Um servo de Deus de verdade, não deixa passar batido a injustiça sofrida por alguém, principalmente se for contra alguém indefeso, ou humilde.

A salvação vem pela fé em Jesus. Ponto. E essa fé não é no homem Jesus, é no Homem/Deus Jesus, é a certeza que Ele pagou por meus pecados na cruz do Calvário. A fé em Jesus é uma entrega de vida completa, corpo, alma e espírito. Ela é uma graça não merecida que nasce no coração e transborda para todos os setores de nossas vidas. A fé em Jesus nos salva a alma do inferno, o corpo dos maltratos (coisas que antes praticávamos e que são erradas e que não fazemos mais). Quem é servo de Deus, pode até não ser lindo, mas tem que ser organizadinho, limpinho, tem que cuidar do corpo, sim, afinal, o nosso corpo é templo do Espírito Santo.

A fé em Jesus nos salva muitas vezes de nosso caráter duvidoso, nos ensina a respeitar as pessoas, a ser atenciosos com os mais velhos. É esta fé que transforma a vida de qualquer um, não importa quem seja, do governante ao mendigo, do nobre ao plebeu, do bandido ao cidadão mais honesto.

Não existe outra forma de salvação, a única possível passa pelo Calvário, passa por crer em Jesus e entregar sua vida a Ele. Não gosto da expressão “aceitar Jesus”, porque Jesus não está num tabuleiro de liquidação, não é a oferta do dia. É muito séria a salvação e quem tem de nos aceitar é Jesus e Ele já fez isso na cruz, a nossa parte não é “aceitar”, é tomar uma atitude positiva, é reconhecer que só existe um Nome pelo qual importa que sejamos salvos e este Nome é Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Pesquisar este blog

Carregando...

MARCADOR DE VISITANTES ONLINE